JURI ACUSADO NA MORTE DE PROCURADOR PROSSEGUE NESTA QUINTA FEIRA COM DEBATES.






Os trabalhos do primeiro dia do julgamento de Elvi Aparecida Haag e seu esposo Nilton Ferreira, acusados de envolvimento na morte do procurador de Chopinzinho, Algacir Teixeira de Lima, terminou por volta das 21 horas.

No primeiro dia estavam previstas para serem ouvidas onze testemunhas, mas a defesa dispensou três. Na parte da tarde os réus também foram ouvidos. No depoimento que durou cerca de 28 minutos, Elvi Aparecida, se negou a responder a maioria das perguntas principalmente da juíza e da acusação. As perguntas do advogado de defesa ela respondeu todas, e alegou que foi coagida na delegacia a confessar a participação.

Nilton Ferreira respondeu a todas as perguntas, o qual também disse que foi coagido por um policial encapuzado a dar as declarações apresentadas na delegacia.

O júri foi suspenso devido ao cansaço dos jurados e será retomado amanhã cedo a partir das 09 da manhã, já com os debates entre acusação e defesa. A previsão é que o júri termine até por volta das 16 horas.

0 comentários: