Operação das Polícias Civil e Militar prende em Chopinzinho elemento procurado pela justiça



Operação das Polícias Civil e Militar prende em Chopinzinho elemento procurado pela justi

Em operação conjunta entre as Polícias Civil de São João e Chopinzinho e com apoio da Polícia Militar, foi cumprido na tarde desta quarta feira, dia 22, um mandado de prisão contra Carlos Alejandro de Souza Posso, 25 anos.
O jovem conhecido como “Paraguaio”, está sendo indiciado por roubo, posse e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.
A Polícia Civil da comarca de São João tem trabalhado de forma incansável para solucionar as ocorrências de furtos e roubos que vem ocorrendo na região.
Durante investigação comandada pela delegada de São João, Dra Franciela Alberton Biava, foi possível chegar a este elemento, o qual estava foragido da justiça e é considerado de alta periculosidade.
Paraguaio estava escondido na residência de sua mãe em Chopinzinho. Após a prisão, ele foi encaminhado para a delegacia local, e posteriormente foi removido para a 5ª SDP de Pato Branco.
Cinco mandados cumpridos em menos de uma semana em Chopinzinho
Em menos de uma semana foram cumpridos cinco mandados de prisão que estavam em aberto no município de Chopinzinho.
Primeiramente na quinta feira pela manhã, dia 16, foi preso Vilmar Albuquerque, 40 anos, o qual foi condenado pelo crime de estupro a uma pena de 13 anos e 2 meses em regime fechado, contra o qual havia mandado de prisão em aberto.
Também na quinta feira, dia 16, na parte da tarde, a Polícia Militar cumpriu mandado de prisão na comunidade do Lagoão, onde foi preso Valmir dos Santos, 18 anos, o qual também tinha mandado de prisão em aberto.
Na segunda feira, dia 20, os Polícias Militares foram até a Reserva Indígena, na comunidade de Palmeirinha do Iguaçu, onde deram cumprimento à um mandado de prisão contra um jovem de 18 anos, o qual é acusado de estupro de vulnerável.
Na manhã desta quarta feira, dia 22, a Polícia Militar de Chopinzinho prendeu um homem no Bairro São Sebastião, contra o qual, havia um mandado de prisão por falta de pagamento de pensão alimentícia.
E, por fim, na tarde desta quarta feira, dia 22, a Polícia Civil e Militar deram cumprimento a um mandado de prisão contra Carlos Alejandro de Souza Posso, o Paraguaio, com mandados de prisão por roubo, posse e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.



0 comentários: